Somos especialistas em mídias de performance, SEO, Criação e desenvolvimento, e todas as esferas do Marketing Digital.
Alameda Campinas
São Paulo
São Paulo
01404001
Brasil
Em : Comunicação Comentários : 0 Autor : Performa Web Data : 05 jun 2018
Conheça 6 formas de diversificar sua estratégia de mídia paga

A propaganda sempre foi parte vital de qualquer negócio. Sem visibilidade, uma empresa não consegue atrair novos clientes, fechar mais negócios, ampliar seu mercado e manter-se estável ao longo dos anos.

Por isso, realizam-se vários investimentos tanto em mídia paga quanto na aberta. E, com a popularização da internet, o marketing digital ganhou um papel muito mais relevante nesse processo.

Uma das lições aprendidas na divulgação online é que existem dois métodos de propaganda, ambos importantes para o sucesso de um negócio:

  • orgânico — concentrado na aquisição de leads, sem divulgação direta;
  • pago — focado diretamente em um público-alvo, com um retorno já previsto.

Você pode estar pensando: “se eu tenho opções para fazer divulgações de graça, por que pagaria?”. Bem, apesar de seu crescimento, os métodos orgânicos nem sempre são suficientes para manter uma empresa.

Investir em mídia paga ajuda a complementar seus outros métodos e amplia suas opções. Além disso, utilizar certas ferramentas nesse processo permite que você colete dados, gere estatísticas, direcione melhor seus materiais e maximize sua aquisição de leads. Basta conhecer as diferentes alternativas disponíveis.

Se você pretende investir para diversificar sua estratégia de marketing, veja as 6 principais opções disponíveis e como é possível usá-las com mais eficiência:

1. Links patrocinados

A forma mais comum de se trabalhar com mídia paga na internet é divulgar diretamente seus links nos motores de busca. Se você pretende investir em uma palavra-chave específica, pode ser uma boa ideia trabalhá-las em links patrocinados.

Dessa forma, é possível obter um melhor posicionamento e ser visto imediatamente por seus leads, além de segmentar melhor seus investimentos. Esse tipo de mídia paga funciona por meio do modelo Pay Per Click (Pague Por Click).

Ou seja: você pagará pelo anúncio a cada vez que um usuário acessar sua página. Para iniciar uma campanha assim, é preciso acessar o Google Adwords, escolher uma palavra-chave, um horário e uma localidade para sua campanha. Dessa forma, você tem chances melhores de atingir seu público-alvo específico.

2. Anúncios em redes sociais

Hoje em dia, as redes sociais são as páginas de maior movimentação online, o que as torna uma excelente mídia paga para atrair mais clientes. Seus leads estarão bem mais dispostos a interagir e opinar dentro destes espaços, dando a oportunidade de que a marca precisa para atraí-los e fidelizá-los.

Porém, como você já deve saber, cada rede social tem um perfil específico de comportamento e de usuário, o que afeta a otimização de sua campanha. O LinkedIn, por exemplo, é voltado para assuntos profissionais, sendo um bom contexto para criar conteúdos mais densos e campanhas sérias.

Já o Facebook e o Twitter são bem mais direcionados para o entretenimento de seu público, o que torna as postagens curtas, chamativas e descontraídas mais eficientes. Entender estas diferenças pode ser muito útil para suas campanhas.

3. Remarketing

Em muitos casos, não há chances tão boas de fidelizar um cliente no primeiro ou mesmo segundo contato. Pode ser que você tenha manter sua presença na visão de seu lead em outras formas de mídia paga se pretende readquiri-lo.

Para tanto, existe a estratégia de remarketing. Essencialmente, ela consiste em fazer anúncios de sua página para leads que já acessaram seus conteúdos. Ao começar uma campanha de remarketing, você precisa criar um marcador em suas páginas, por meio do Google Adwords ou do Facebook Ads.

Assim, sempre que fizer uma visita ou ação específica, o usuário entra para sua lista de remarketing e é rastreado pelos anunciantes. Quando ele visitar outras páginas, verá mais anúncios da marca automaticamente.

Essa estratégia é muito mais eficiente do que aparenta à primeira vista. As chances de fechar negócio com um lead que já conhece seus serviços são bem maiores do que as de atrair um cliente novo.

4. Anúncios nativos

Não é incomum que você encontre propagandas sem conexão nenhuma com o conteúdo do site em questão. Anúncios de eletrônicos em páginas sobre meditação são alguns dos exemplos.

Isso acontece porque se trata de anúncios aleatórios, sem muito direcionamento. Porém, eles não são os mais adequados para maximizar seu retorno. Para tal fim, convém usar os anúncios nativos de uma página.

Como o nome indica, estas são propagandas relacionadas com o conteúdo do domínio. Canais que falam sobre tecnologia exibem anúncios relacionados a computadores, softwares e jogos, por exemplo. Isso contribui com a segmentação do público, o que gera mais conversões em menos tempo e com investimento reduzido.

5. Conteúdos patrocinados

Você certamente já conhece a palavra “merchandising” — a aparição de um produto, um serviço ou uma marca diretamente em algum conteúdo. Na TV e em outras mídias tradicionais, o show é brevemente interrompido para que seus atores falem brevemente sobre o produto.

Porém, na internet, há mais espaço para tais práticas dentro do próprio conteúdo. Esses são os casos de análises e comentários sobre temas relacionados ao serviço anunciado.

Suponha que uma editora deseje divulgar um livro que se passa em Roma Antiga, usando fatos e figuras históricas. Ela pode pedir a um canal de conteúdo que fale sobre a história do império romano.

Isso desperta o interesse do público, torna sua estratégia de divulgação menos invasiva e gera melhor retorno. Trata-se de uma excelente forma de otimizar o investimento em mídia paga.

6. Estratégia multicanal

Uma das grandes vantagens de se utilizar o marketing digital é que ele permite coordenar ações de divulgação tanto pagas quanto gratuitas, maximizando o efeito de todas elas. É possível redirecionar leads de suas redes sociais ao seu blog; à sua newsletter, em seguida, para uma compra; e de volta para seus outros canais.

A grande vantagem dessas estratégias é que elas fazem com que seus investimentos e conteúdos se retroalimentem, mantendo os leads interessados por mais tempo. Se for bem desenvolvida, essa prática pode elevar bastante a rentabilidade de todas as mídias trabalhadas.

Agora que você já sabe como diversificar seus investimentos em mídia paga, é hora de ampliar o alcance da empresa. E a melhor forma de fazer isso é com ajuda profissional. Portanto, entre em contato conosco e veja como podemos ajudá-lo a melhorar seu desempenho!

Leave a Comment

Analise o SEO do Meu Site Grátis!