Somos especialistas em mídias de performance, SEO, Criação e desenvolvimento, e todas as esferas do Marketing Digital.
Alameda Campinas
São Paulo
São Paulo
01404001
Brasil
Em : Links Patrocinados Comentários : 0 Autor : Performa Web Data : 03 jul 2018
Conheça o Native Ads e entenda por que utilizá-lo

Não é de hoje que a grande maioria dos usuários na internet rejeita rapidamente as diversas formas de propaganda invasiva durante sua navegação. Por existirem tantos ad blockers disponíveis hoje em dia, eles podem ser até mesmo ignorados, não gerando nenhum tipo de retorno.

Porém, ainda há formas de tornar sua divulgação mais amigável para os seus leads e melhorar suas chances de sucesso. Uma delas é o uso dos Native Ads, propagandas com menor índice de rejeição atualmente.

Chamados também de “anúncios nativos”, eles são, basicamente, propagandas que se assemelham a outros conteúdos de um site ou rede social. Ao invés de um pop-up invasivo ou banner que ocupa metade da tela, esses ads aparecem como postagens comuns, mas com um marcador indicando que são patrocinados.

Pode parecer uma diferença pequena, mas ela se reflete claramente nos resultados das campanhas. Quer aprender mais sobre o tema? Então continue acompanhando e veja por que os anúncios nativos são cada vez mais importantes.

Alguns tipos de Native Ads

Pesquisas do Google

O primeiro lugar para encontrar esse tipo de propaganda é em qualquer pesquisa do Google. Como você já deve ter notado, toda busca por palavra-chave gera um pequeno grupo de resultados diferentes, marcados como anúncios. Estas são páginas que pagaram pelo alcance associado ao termo da sua pesquisa.

Nesse formato, os links não parecem tão diferentes de seus resultados comuns, mas ainda podem ser bem diferenciados. E, em alguns casos, pode ser que os anúncios correspondam exatamente ao que você está buscando para o seu negócio.

Gmail

Quando você acessa sua conta de e-mail, também há um espaço dedicado aos Native Ads lá. No topo da sua caixa de entrada, você vai encontrar algumas mensagens também marcadas como anúncios, as quais podem ou não ter qualquer relação com serviços que você assina, mas quase sempre seguem o padrão dos sites que você visitou recentemente.

Da mesma forma que nas pesquisas, esses anúncios possuem algum direcionamento de acordo com o usuário. Sendo assim, se o seu perfil é o alvo de determinada empresa, você pode esperar receber alguns anúncios relacionados a ela.

Redes sociais

Estes são, de longe, os sites mais acessados ao redor do mundo. Logicamente, também são ambientes muito propícios para captar um número considerável de leads. Porém, como esses são espaços onde os usuários buscam entretenimento e pequenas informações, é ainda mais difícil fazer com que assistam a uma propaganda ou aceitem um anúncio invasivo.

O foco em Native Ads é ainda mais útil aqui. Nesses casos, o que aparece para o público é uma postagem geral do seu negócio, seja algo em específico ou uma descrição da sua página. Isso facilita a visualização e não interrompe a navegação do usuário.

Notícias

Sites de notícias também utilizam amplamente esse tipo de anúncio. Após uma leitura, o ideal para a página é que o usuário continue navegando, acesse páginas de parceiros ou, pelo menos, veja alguns dos patrocinadores. Porém, inserir um uma propaganda forçada cria uma aparência de “intervalo comercial”, o que a maioria esmagadora dos usuários rejeita hoje em dia.

Ao invés disso, os anúncios são colocados junto com outras matérias do site, ao final do conteúdo. Dessa forma, um leitor que deseja se aprofundar mais pode buscar as informações que precisa sem grande dificuldade. E para os demais, será menos incômodo ter os anúncios no final do que no meio de uma notícia.

Quais são as principais vantagens dos Native Ads?

Melhoram a experiência do usuário

Todos sabem como anúncios invasivos são incômodos durante qualquer navegação. No mínimo, eles interrompem seu aproveitamento do conteúdo. No máximo, levam a um clique incorreto e depois para uma página na qual você não possui interesse. Esse tipo de experiência é a forma mais rápida de elevar o índice de rejeição em qualquer página.

Os anúncios nativos, por outro lado, podem nem ser sentidos como anúncios por parte da audiência. Os usuários que não possuem interesse podem simplesmente ignorá-los, enquanto os melhores leads podem observá-los com calma e decidir se são relevantes ou não.

Têm bom índice de aceitação

Graças ao menor índice de rejeição, os Native Ads também costumam ter uma melhor taxa de conversão em comparação a outros meios, como propagandas obrigatórias no início de um vídeo, por exemplo. Como o usuário não se sente pressionado, ele não precisa entrar na defensiva assim imediatamente.

Proporcionando um espaço mais confortável, sua página pode manter os leads interessados por mais tempo. Aos poucos, eles vão voluntariamente verificar alguns de seus anúncios nativos, seja por curiosidade ou devido à sua maior relevância naquele momento específico. No médio e longo prazo, você terá mais visualizações de propagandas do que teria com um pop-up invasivo.

São facilmente notados

Uma crítica que muitas pessoas têm ao ouvir falar desse tipo de anúncio é que ele busca confundir o usuário para que clique em algo que pensa ser apenas mais um conteúdo indicado. Porém, isso está bem longe da verdade. Afinal, dificultar o reconhecimento de uma propaganda é sempre contraproducente.

Primeiramente, os Native Ads são sempre sinalizados, seja em seu formato ou com um marcador escrito “anúncio”. Segundo, eles quase sempre possuem um design único em comparação com os demais itens da tela, o que facilita sua diferenciação. O objetivo é apenas torná-los mais agradáveis e não fazer com que o usuário clique neles por acidente.

Não entram em conflito com seu conteúdo

Por fim, mas não menos importante, os anúncios nativos não disputam o mesmo espaço do conteúdo padrão da página. Pelo contrário, eles possuem um local reservado e de fácil acesso para os usuários, o qual possui fronteiras bem definidas em relação ao resto da página.

Isso evita não só a poluição de informações para o visitante como também melhora a organização visual da página, tornando a navegação ainda mais prática.

Depois de aprender tudo isso, você já deve entender bem por que incluir os Native Ads entre suas estratégias de marketing digital. Quer ainda mais dicas para melhorar seu desempenho? Então veja aqui o que são web analytics e como você pode usá-los em suas campanhas.

Leave a Comment

Analise o SEO do Meu Site Grátis!