Somos especialistas em mídias de performance, SEO, Criação e desenvolvimento, e todas as esferas do Marketing Digital.
Alameda Campinas
São Paulo
São Paulo
01404001
Brasil
Em : Aplicativos Comentários : 0 Autor : Performa Web Data : 19 mar 2018
Rich Snippets: destaque-se nos resultados do Google!

Rich Snippets são a prova de que o Google quer dar um passo adiante na experiência de seus usuários. Em vez de apenas retornar resultados de buscas, o gigante do Vale do Silício pretende tomar para si a função de organizar conteúdo na internet.

Para isso, uma série de recursos são utilizados: Rich Cards, Rich Snippets, imagens e definições de um termo que aparece em destaque na própria página de busca são só alguns exemplos.

E quem souber se beneficiar dessas novidades vai se destacar na busca, conseguir mais tráfego e superar os concorrentes.

No artigo de hoje, vamos explicá-lo o que são Rich Snippets e como tirar vantagem deles para conseguir mais tráfego qualificado e, consequentemente, mais clientes. Acompanhe!

O que são Rich Snippets

Se você abrir o seu navegador agora, for até a página do Google e fizer uma pesquisa, vai reparar que os resultados para essa pesquisa virão organizados de acordo com um padrão.

Todos eles são exibidos com o título da página em azul (num link que pode ser clicado). Abaixo dele, a URL, isto é, o endereço do site, aparece em verde. Por último, há uma descrição de cada uma das páginas, em letras escuras, chamada de meta descrição ou meta description.

A maior parte dos itens que o Google retorna numa busca aparecem estruturados dessa forma. Cada um deles se chama snippet, que em inglês significa “fragmento”.

Porém, algumas buscas retornam snippets muito mais detalhados. Eles podem conter avaliações de usuários da página em questão (que o Google retorna com estrelinhas), vários links para páginas diferentes de um mesmo site, fotos, cartões e assim por diante.

Esses snippets especiais são chamados de Rich Snippets. E são exatamente o que o nome indica: fragmentos ricos ou snippets ricos, melhores e mais detalhados do que os comuns.

Mas, afinal de contas, como o Google faz essa diferenciação? O que deve ser editado no seu site para que eles comecem a ser exibidos?

Como e por que utilizá-los

Em boa parte dos casos, o que o Google faz para criar os Rich Snippets é ler algumas informações no HTML do seu site. Mas calma, não é necessário ser programador para resolver esse problema.

Se o seu site foi criado na plataforma WordPress, você pode usar plugins para configurar alguns deles. Porém, tenha em mente que uma coisa é você deixar o seu site otimizado para os Rich Snippets, outra é o Google exibi-los.

O gigante das buscas da internet tem outros critérios para expandir o espaço do seu snippet e exibir algum conteúdo na página de buscas. Em todo caso, otimize o seu site e deixe essas informações disponíveis para indexação. São grandes as chances de o esforço valer a pena.

Comece pesquisando pelo plugin Schema. Com ele, você informa seus dados estruturados para o Google sem saber nada de HTML ou programação. Ele é simples e autoexplicativo.

Os principais tipos de Rich Snippets

Há vários tipos de Rich Snippets e cada um atende a uma função de busca bem específica. Isso porque há também diversos motivos para uma pessoa recorrer ao Google.

Ela pode querer saber o preço de um produto, informações sobre um evento, matar a sua curiosidade sobre um ator de televisão ou personalidade de internet ou mesmo encontrar a página de uma empresa que está no Facebook, usando o Google.

Logo, não é necessário que você otimize o seu site para exibir todos eles. Só alguns vão ser interessantes para o seu público e o produto ou serviço que vende. Veja quais são os Rich Snippets mais comuns:

Sitelinks

Os sitelinks aparecem quase que exclusivamente em buscas de branding. Uma busca desse tipo acontece quando um usuário acessa o Google para procurar diretamente por uma empresa, digitando o nome dela.

Por exemplo, se você digitar “Coca Cola” no buscador agora, vai reparar que o snippet da empresa virá muito mais completo do que viria em outras buscas. Ele estará maior, e abaixo do link do título principal virão outros links em subtítulos, cada um apontando para uma página diferente da famosa marca de refrigerantes.

É escolha do Google exibir ou não o Rich Snippet de sitelink da sua empresa, e ele usa como critério para isso a autoridade que o seu site tem.

No entanto, você pode dar uma “mãozinha” organizando o HTML e o mapa do seu site, de modo que seja mais fácil para o buscador compreender a estrutura dele.

Local search

Local search é o nome que se dá a buscas por eventos, comércio, praças, espaços públicos e outros pontos que estejam geograficamente próximos ao usuário.

O exemplo clássico são aquelas pesquisas cujas palavras-chave envolvem um local, como “Hotel Belo Horizonte”, por exemplo. Para aparecer nesse tipo de Rich Snippet, você deve informar ao Google os dados básicos de funcionamento da sua empresa, e a melhor forma de fazer isso é manter um perfil ativo da sua loja ou empresa no Google Meu Negócio.

Esse perfil, aliás, tem outras funções, como exibir o seu local de funcionamento no Google Maps, medir as visitas que você recebe e retornar snippets com a sua avaliação (as estrelinhas de que falamos no início deste artigo).

Avaliações

Esse tipo de Rich Snippet com estrelinhas é chamado de snippet de review ou snippet de avaliações. Sua principal função é informar o usuário sobre a reputação de uma página ou serviço.

Assim, o mais comum é ele aparecer quando alguém busca pela página da sua empresa no Facebook ou encontra o seu perfil do Google Meu Negócio por meio de uma busca local, como mostramos no tópico anterior.

Breadcrumbs

Muito comuns em buscas por produtos (como tênis ou aparelhos de televisão, por exemplo), os breadcrumbs têm a vantagem de informar em qual categoria dentro de um site ou e-commerce o produto está.

Ou seja, a categorização dos seus produtos deve estar muito bem indicada no HTML do seu site. Breadcrumbs, assim como os outros tipos de Rich Snippets, aumentam muito as chances de você conseguir cliques.

Além desses, poderíamos citar vários outros tipos. A tendência, aliás, é que eles evoluam e novidades apareçam constantemente, tornando cada vez mais fácil o processo de busca.

E, como consequência, tornando a relação online entre empresas e seus clientes cada vez mais próxima. Comece agora a fazer uso dos Rich Snippets, consiga mais visibilidade no Google e chegue mais fácil aos seus clientes!

E aproveite também para curtir a nossa página do Facebook. Lá, você fica sabendo em primeira mão toda vez que um conteúdo como este aqui aparecer.

Leave a Comment

Analise o SEO do Meu Site Grátis!