Somos especialistas em mídias de performance, SEO, Criação e desenvolvimento, e todas as esferas do Marketing Digital.
Alameda Campinas
São Paulo
São Paulo
01404001
Brasil
Em : Criação Web Comentários : 1 Autor : Performa Web Data : 01 fev 2018
Afinal, quando é a hora de fazer o rebranding do meu site?

A marca de uma empresa é mais do que apenas uma imagem bonita para colocar em comerciais e fachadas. Trata-se de um pequeno resumo daquilo que você se propõe a entregar, dos valores que seu negócio exercita e da sua própria identidade. Mas como saber quando é hora de fazer um rebranding, ou seja, de mudar a cara da sua marca?

Quando falamos em rebranding, há muito mais coisas envolvidas do que apenas redesenhar uma logo. O conceito pressupõe reestruturar toda a identidade visual da sua empresa, o que pode incluir padrões geométricos, o design do seu site, as principais cores utilizadas em diferentes setores e até o código de vestimenta de seus colaboradores. Como qualquer mudança, ela gera custos, mas pode ser mais vantajoso arcar com o investimento agora do que esperar.

Se você ainda não sabe como identificar o momento de mudar, não se preocupe! Trouxemos aqui 7 sinais de que pode ser a hora certa de fazer o rebranding da sua empresa.

1. Sua imagem não coincide mais com seu conteúdo

Como gestor, você tende a pensar na sua empresa a partir de seu conteúdo e suas próprias ações  afinal, são esses os aspectos com os quais você está em contato direto todos os dias. Porém, seus leads e clientes chegam até você pelo caminho inverso, captando primeiro a imagem que você transmite publicamente e depois verificando se o conteúdo corrobora essa impressão.

O problema da dissonância entre o externo e interno é que, quando seu lead entra em contato com seu negócio, ele já possui uma expectativa. Se o resultado exceder essa expectativa, ótimo, mas uma decepção pode prejudicar muito sua marca como um todo. Manter a consistência entre sua imagem e o conteúdo do seu negócio, portanto, ajuda a evitar esse tipo de problema.

2. Sua base de clientes mudou

Com o tempo, é bem provável que você busque novos mercados, o que leva sua empresa a focar em outros segmentos de público. Nessas horas, é melhor utilizar o rebranding para se adaptar ao novo contexto do mercado do que manter uma imagem obsoleta em relação ao seu público.

Um erro que você realmente não deve cometer nessa transição é tentar manter algum apelo para sua antiga audiência ao mesmo tempo em que agrada à nova. Pode parecer melhor diversificar sua base para agradar mais pessoas, mas a verdade é que isso dificilmente é possível, principalmente se você tentar atingir dois grupos muito diferentes. Ter uma imagem mais consistente é melhor para sua taxa de conversão, o que reduz o custo de aquisição de clientes.

3. Há novos concorrentes no mercado

Assim como você iniciou um negócio e teve que batalhar pelo seu espaço, certamente outros empresários podem tentar fazer o mesmo. Isso significa que, com o tempo, sua concorrência vai aumentar, te forçando a buscar alternativas para se manter relevante no mercado. Renovar sua identidade visual é uma das atitudes que podem ser tomadas aqui.

Isso pode trazer vários benefícios para seu negócio em relação aos seus concorrentes. Primeiro, existe o fato de que uma nova imagem chama mais a atenção de novos e velhos clientes, o que contribui um pouco para sua fidelização e aumento de vendas. Além disso, se você planeja atrelar essa mudança a uma mudança na sua base de clientes, é possível mitigar os efeitos da concorrência. Afinal, vocês não estarão mais disputando os mesmos leads.

4. A marca original era ruim desde o início

Não é nada satisfatório ter que admitir um erro e arcar com os custos da correção, mas isso ainda é bem melhor do que persistir no erro. Dependendo da trajetória e do tempo de vida de um negócio, pode ser que a imagem produzida nunca tenha sido propriamente pensada em relação a seus valores e conteúdo. Se esse for seu caso, o rebranding é uma necessidade urgente.

O importante aqui é repensar o processo do início. Se o seu negócio era muito jovem e não possuía uma identidade consolidada ainda, já deve ser possível dizer quais são seus objetivos, quais qualidades sua empresa valoriza e qual é o comportamento esperado dos seus colaboradores e sócios. Sua tarefa agora é comunicar estas características na sua identidade visual.

5. A mensagem que você planejou não foi recebida

De forma similar ao tópico anterior, o trabalho de branding original pode não ter sido bem-sucedido por uma infinidade de motivos. Talvez tenham faltado recursos para pesquisa e produção, ou sua interpretação da marca não tenha sido a mesma de seus leads. Em todo caso, um retrabalho pode ajudar a resolver a situação.

A diferença aqui é que nem sempre é necessário refazer tudo do zero  basta resgatar a ideia original e tentar avaliar o que deu errado em todo o processo. Com um pouco de análise e brainstorming, você pode gerar uma imagem muito mais consistente e eficaz.

6. Seu negócio se uniu a outra marca

A união entre diferentes empresas normalmente exige algum rebranding. Mesmo que ambas possuam imagem, valores e objetivos similares, é bem provável que tenham construído suas identidades de formas diferentes e a partir de pontos de vista diferentes.

A boa notícia é que você também não precisa refazer tudo nesse caso: é possível  e até recomendável — trabalhar com aspectos comuns a ambas as empresas originais. Vale a pena também destacar algo em comum que estimulou a união, como a busca por um objetivo específico, por exemplo.

7. Há uma nova estratégia de marketing a ser seguida

Por fim, mas não menos importante, o rebranding também pode ser apenas parte do desenvolvimento de uma nova estratégia de marketing. Afinal, sua imagem precisa ser consistente para que suas campanhas tenham bons resultados. A mudança tende a ser menos drástica nestes casos, mas ainda exige algum preparo. Uma nova logo ou slogan, por exemplo, podem ter muito mais impacto do que aparentam inicialmente.

Agora que você já sabe reconhecer quando é hora de fazer o seu rebranding, avalie a sua empresa e tome as ações necessárias. Acha que vai precisar de mais ajuda em todo esse processo? Então entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar você nessa etapa!

(1) Comments

  1. Pedro Pelegrini 20 de fevereiro de 2018 at 11:49 Reply

    Dicas fundamentais…
    Recomendo!!!

Leave a Comment

Analise o SEO do Meu Site Grátis!
Google Partner Premier Bing ADS - Profissional Autorizado Certificação VTEX - Project Manager Certificação VTEX - Reseller Certificação VTEX - Support