Somos especialistas em mídias de performance, SEO, Criação e desenvolvimento, e todas as esferas do Marketing Digital.
Alameda Campinas
São Paulo
São Paulo
01404001
Brasil
Em : SEO - Otimização Comentários : 0 Autor : Denis Casita Data : 19 set 2017
Otimize sua página de erro 404

404 é o código padrão de erro gerado quando um usuário tenta visitar uma página que não existe, seja por um link quebrado ou algum outro tipo de falha. Essa é uma resposta padrão do código HTTP que um site usa para indicar ao visitante que ele consegue acessar o servidor, mas o servidor não consegue encontrar a página que ele está requisitando.

A página de erro 404 é um dos códigos mais famosos da internet. Se não for editada, ela simplesmente mostrará a mensagem “404 — Page Not Found” quando alguém acessá-la, passando uma imagem de abandono. Assim, se o usuário tentar se conectar ao seu e acabar caindo nesse erro, ele muito provavelmente desistirá de acessar a página.

Quer descobrir o que pode ser feito para evitar essa situação? Nós mostramos a seguir:

Qual a importância da página de erro 404 para o SEO?

Novos visitantes passam menos de 15 segundos navegando em uma página antes de decidir se elas possuem ou não o conteúdo que estavam buscando. Ou seja: você tem 15 segundos para impressionar o usuário e acha que algo genérico como “404 — Page Not Found” vai ajudar nisso?

O visitante que deixa a página rapidamente gera o indesejado bounce rate. Esse índice pesa negativamente para o seu rankeamento nos mecanismos de busca. Por isso, uma das grandes estratégias de Search Engine Optimization (SEO) é reduzir o bounce rate de um endereço.

E otimizar a página de erro 404 é um passo muito importante dentro dessa estratégia. Mas e então? O que pode ser feito? Um primeiro passo é utilizar o Google Search Console (ou até o Bing Webmaster Tools) para verificar quantos links quebrados o seu site gera.

Você também pode usar o Google Analytics para conferir quantos visitantes estão caindo em páginas 404. Mas o mais importante é que existe a opção de mudar a mensagem e todo o conteúdo dessa página de erro para continuar retendo a atenção da pessoa.

Como monitorar erros 404?

A melhor forma de otimizar as páginas de erro 404 é garantindo que os visitantes e os bots do Google não cheguem até elas. Existem diferentes formas para se monitorar essas falhas. Vamos falar mais a fundo do Google Search Console — a ferramenta mais utilizada.

O programa monitora o seu site e permite que você saiba quando os bots do Google encontram erros de “Not Found”, que tipicamente são o 404 e o 503. Para o Analytics, você pode criar um relatório customizado de erro 404, que mostra as páginas e os caminhos que estão levando seus usuários a ele.

Como otimizar uma página de erro 404?

Nem sempre será possível redirecionar uma pessoa que cair na página de erro 404. Se ela mostra apenas a mensagem padrão, o usuário certamente deixará o site. Para minimizar esse problema, existem várias iniciativas que podem ser tomadas para melhorar a atratividade do endereço e reduzir o bounce gerado.

Antigamente, você precisava editar o arquivo 404.php para deixar o menu de navegação aparecer na página de erro. Hoje em dia, o processo está um pouco mais fácil. A maior parte dos temas já incluem arquivos 404.php bem otimizados, pelo menos deixando o menu de navegação presente. Contudo, é possível fazer ainda melhor.

Para começar, mude a frase da página. O clássico “404 — Page Not Found” é bastante genérico e faz com que o usuário pareça estar conversando com o servidor (e não com a sua empresa).

A maior parte dos temas permite que você edite essa mensagem diretamente na plataforma. Contudo, se não for possível, basta modificar o arquivo 404.php. Mude a frase para algo que tenha a ver com a sua marca.

Companhias jovens e mais descoladas podem colocar mensagens bem humoradas. Já empresas com perfil mais corporativo devem indicar que houve um problema e sugerir um novo conteúdo ou outra página. O importante é dar uma opção — mas não muitas, pois o usuário pode ficar sem saber o que fazer frente a uma infinidade de alternativas.

Insira uma barra de pesquisas

Habilitar uma barra de pesquisas é uma excelente forma para deixar que os usuários busquem pelo conteúdo que desejam encontrar. Verifique se o tema que você utiliza já não habilita essa caixa de buscas automaticamente na página de erro 404.

Inclua uma opção de e-mail opt-in

A página de erro 404 é uma ótima oportunidade para chamar a atenção de alguém e ganhar um novo e-mail para nutrição. Você pode deixar para o visitante um incentivo, como um e-book gratuito, algum vídeo ou um infográfico. O importante é encorajá-lo a permitir o envio de e-mails.

Para fazer isso, encontre o formulário de opt-in em sua plataforma de automação de e-mails ou de marketing. A maior parte das plataformas disponibiliza o código para a incorporação no site.

Adicione informações sobre o negócio

Independentemente do segmento de sua empresa, considere adicionar algumas informações essenciais sobre o seu negócio. Você pode aproveitar para falar sobre os produtos ou serviços que oferece e os preços de cada um deles ou até linkar para uma página de contato. Se a sua companhia é um e-commerce, uma possibilidade é incluir fotos dos melhores itens do portfólio.

Forneça opções de contato

Você também pode ser mais direto. Sabia que é possível incluir seu e-mail de contato e o número do telefone na página de erro 404? Apresente o e-mail junto a alguma mensagem como: “Encontrou algum problema ou tem algum dúvida? Entre em contato conosco em seuemail@suaempresa.com!”.

E na prática?

Páginas de erro 404 sem a devida otimização aumentam o índice de bounce rate e diminuem as possibilidades de converter um visitante. Felizmente, agora você possui algumas soluções para otimizar essa página — e esperamos que possa aplicá-las de forma criativa!

Lembre-se de utilizar o Google Search Console e o Google Analytics de forma conjunta para monitorar a performance da página de erro 404 regularmente. É mais fácil cuidar desses pequenos pontos de SEO continuamente do que de uma única vez.

Gostou do conteúdo e quer continuar acompanhando nossas dicas sobre performance de websites? Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão novos conteúdos para otimizar seus resultados online!

Leave a Comment

Analise o SEO do Meu Site Grátis!
Google Partner Premier Bing ADS - Profissional Autorizado Certificação VTEX - Project Manager Certificação VTEX - Reseller Certificação VTEX - Support